.

00:00:00  Victor

Esse é o terceiro episódio do growth diaries, seja bem vindo e obrigado pela sua preferência. Hoje sabemos o empreendedor mineiro, Matt Montenegro é empreendedor serial que atualmente toca a VidMonsters, uma plataforma de vídeo marketing que ajuda as empresas a monetizarem os seus vídeos, com CTAs e diversas outras funcionalidades, que podem trazer receita através dos vídeos que elas colocam no mercado. Nesse episódio, Matt vai compartilhar com a gente um pouquinho do seu playbook de organic growth. Vai falar um pouquinho sobre a sua história: por onde passou? O que fez o que construiu? Como construiu? Os desafios que viveu para construir todas esses empreendimentos. E também ele vai compartilhar um pouquinho sobre soltaria do monte logo o seu pôneicórnio. Frase essa que dá o nome do nosso episódio de hoje, gosta muito de utilizar essa frase para representar o mercado de startups que são feitas especialmente para serem vendidas. Não vou contar mais, vou deixar vocês ouvirem esse episódio. Foi uma entrevista riquíssima e espero que vocês gostem. Lembrem de no final de compartilhar o episódio com alguém que o que você acha que precisa ouvir seu episódio, porque vai me ajudar de mais a manter bons conteúdos aqui no podcast. Só um disclaimer: A gente teve alguns problemas técnicos durante a gravação, então, provavelmente vocês vão ouvir vozes no fundo, gravei enquanto estava trabalhando na empresa, então algumas conversas foi depois do expediente. Então as pessoas conversavam, algumas conversas no fundo, e também tivemos alguns problemas de conexão que geraram algumas interferências e alguns cortes no áudio. Então espero que vocês não liguem muito para isso e possam aproveitar toda essa entrevista de quase uma hora com Matt. Aqui vamos a ela: Fala à Matt, excelente te receber aqui no growth diaries hoje o nosso episódio é vamos tratar suas de monte logo o seu pôneicornio. Mas eu acho que antes da gente entrando no assunto, de fato, queria que você se apresentasse para audiência, para que não se conhece. Acredito que muita gente vai conhecer, mas alguns podem não te conhecer. Então, fica à vontade para se apresentar, falar de onde você veio

 

00:02:24  Matt

Primeiro obrigado pelo convite, assim, estava esperando há bastante tempo já, você estava só me enrolando. Tô brincando, mas obrigado pelo convite. É sempre massa estar conversando entre amigos, tentando compartilhar um pouco do que a gente vem aprendendo a nossa jornada, a primeira coisa que eu preciso falar a respeito de mim é que não acredita em tudo que eu falo, vai pesquisar depois, correm atrás de outras informações, de outros pontos de vista porque eu não tenho. Eu não detenho a totalidade da verdade de todos os fatos que compõem esses cenários complexos nos quais a gente está abordando, o que a gente vai abordar hoje. Então, vou trazer um pouco da minha experiência pessoal, com um pouco do que eu estudo do que a gente aplica e tem o resultado, mas não significa, que essa verdade absoluta em outras, tantas outras formas de fazer as coisas também do jeito certo de alcançar muito resultado, eu já sou um cara mais para lá do que para cá. Vamos ficando velho, rápido eu dá acesso daquela geração, que conheçam internet lá pelos dez, doze anos, alguma coisa do tipo já com um privilégio dos pais, em que se esforçando para dar o melhor com os filhos, então conheci a internet muito novo. Meu pai sempre me incentivou muito a trabalhar ou aprender coisas no computador. Então fiz vários cursos diferentes, tudo o que você pode imaginar: java applet, java script, HTML, tudo o que você puder imaginar enquanto ainda criança, adolescente, pré-adolescente e eu acabei entrando de cabeça. Mas nesse momento por volta de 2008. Essas datas eu sempre um pouco mas perto de 2008 para 2009. Quando eu trabalhei, naqueilo que chamamos de startup, em uma empresa aqui em Belo Horizonte chamada Via6, então eu descobri esse mundo. E foi a partir daí comecei a trabalhar com mais afinco com produto….muta aí, que a galera tá falando muito alto. Mas eu comecei a trabalhar nessa empresa aqui em BH, chamada Via6, ela ja não existe mais. E nessa empresa pude conhecer todo o universo que esse universo que a gente chama de startups. Aqui em Belo Horizonte, inclusive, estava assim super embrionário, apesar do case do Google que já tinha que algumas outras empresas voltadas para essa área. Ainda não era nada assim. Era o que a gente brinca, entre aspas, era mato e eu vim aprendendo muitas coisas e a partir daí eu comecei a trabalhar diretamente com produtos. Então, eu formei em publicidade na universidade. Depois eu cursei uma pós graduação em design de interação, e foi aí que eu tomei muito gosto por desenhar produtos. Eu comecei redesenhando, operação, negócios de outros, seja com freela, ou seja, até de carteira assinada por um tempo que eu já passei, foi fazendo o produto na minha maior pegada. O que eu falo muito sobre marketing de conteúdo sobre crescimento orgânico, com um pouco sobre growth hacking, ou growth marketing, como chama mais a minha pegada mesmo meu DNA sempre foi de produto, estratégia de produto. Então onde eu surfo mais. É onde tenho mais experiência para dividir. Vamos falar assim,né?! Então esbarra em todas essas outras áreas. Mas se fosse resumir tecnicamente em termos de aptidão, em um pouquinho de conhecimento que talvez eu possa compartilhar, estão relacionados ai nessas áreas. Produtos é um pouco de growth e um pouco de marketing.

 

00:05:57  Victor

Legal, legal. Essa parte do produto é uma parte que hoje eu acho que no marketing que mais se fala, principalmente produto digital. E a gente também tem outra vertente lá do pessoal que fala de infoproduto. Mas essa ideia a gente pode tocar em um ou outro, nenhum outro episódio com mais gente, porque vai ser mais polêmico do que eu acho que a gente vai ser aqui hoje. Matt, entender de produto, hoje, tem sido a diferença para quase todo profissional de marketing moderno. Falam se muito do trabalho, com dados, de ciência de dados, com a parte de programação, mas eu acho que isso que assim falar um pouco da parte de produto…

 

00:06:38  Matt

Cara, tem, a gente vai aprendendo muito, assim como o tempo. Então, se eu fosse dar uma diretriz de produto hoje, em dois mil dezanove, pode ser que amanhã seja diferente. Mas o que eu faria hoje, se tivesse começando um produto, eu pegaria Black Ops, cabuloso! Assim que a gente brinca de navy seals, os caras vão entrar para… entra atirando entre as pessoas sem nenhuma alusão ai. Mas são caros, são muito fraca no dente que a gente brinca também meio que entre aspas são quase um mercenário, saca? Mas são cara são muito, assim, muito para frente. Estão muito focados em fazer entregas de altíssima qualidade e foi encerrado muito, muito rápido esse ciclo. O que eu tô querendo dizer com isso? Então a gente faz um produto, primeira coisa que a gente precisa fazer é terminar o produto mínimo possível do produto, a gente chama isso de MVP, por exemplo, mas é para valer fazendo versão mínima desses negócios. Rodavel, que se execute o core de uma forma mais simples e possível, né? Que funcione bem e colocar no mercado. Para você, rodar e testar. Vai estar cheio de problema, vai estar cheio de erro, vai ter problema de design vai ter uma série de outras coisas mas precisa entrar no ar rápido e precisa rodar rápido. Quando falo rápido, quando to falando de software minha área é software, SaaS, essas coisas assim. Então quando estou falando de rápido, eu to falando de algo que não demora muito mais que três meses, quatro estourando. Isso faz toda a diferença toda, toda, toda diferença, por exemplo, Se você é uma empresa investida, isso significa gastar menos dinheiro. Significa sobreviver por mais tempo, significa ajustar o caminho mais rápido, entender melhor o mercado de uma série de coisas. Por isso que é tão vital quando você começa um business, quando você começa o que a gente chama de startup ou quando você está desenvolvendo um produto, você faz isso rápido, que você seja certeiro com seu trabalho, muitas horas e horas de qualidade para com muita velocidade. Grana, você precisa levantar uma boa grana, eu brinco com o pessoal o que se você vai fazer uma startup nesse modelo, meio que SaaS, de soltware como serviço etc. Hoje, em 2019, se você não tiver uns 500k, seja levantado de investidor ou qualquer outra coisa do tipo, esquece… nem pisa na água, nem desce para brincar, porque seria muito, é muito difícil, quase impossível de ser realmente puxar o negócio essa grande duraria por no máximo, dezoito meses. Então, se vai imprimir como falei é preciso imprimir. Agora, acessar mais ou menos a grande, você precisa. Se sabe qualquer um nível de pessoas que se preza tem no seu time e qual que é, porque esses caras determinam a velocidade, essa pessoa repensar que está contratando, quem está colocando no seu corpo técnico, do seu time, na viabilidade da tecnologia, etc. Se vale a pena você fazer isso agora nesse momento, fazer esse é o ponto chave. Eu acho que muitas vezes têm dificuldade nesse go-to-market, onde colocar o produto para rodagem sempre quer passar um verniz, sempre quer melhor alguma coisa, sempre quer fazer um outro detalhe. E eu acho que eu não gosto muito desse exemplo, porque o pessoal usa isso para fazer porqueira e pra ficar passando batom no porco, mas o caminho, na minha visão, você trabalhar muito bem aquele famoso pareto – oitenta vinte, então se esforçar bastante, aquilo que de fato vai pegar o maior valor e depois você vem trazendo o resto do tempo para dar mais robustez. Mas é o que eu falei. Resumindo, para quem quiser acelerar é o seguinte: contrata um time violento, muito, muito bom, faz provisão de caixa e você precisa entregar um produto minimamente funcional, assim, com as funcionalidades chave daquele negócio, chave impecável no período de três, quatro meses, não mais do que isso. Isso, na minha visão, fator profundamente determinante se o negócio vai vingar ou não.

 

00:10:15  Victor

Muito bom. Você falou aí de um item que a gente fala muito aqui na Tegrus. Do Black Ops, o cara que é faca na caveira a gente fala que tem que ser selva. O cara tem que ser, tem que ser focado em batendo de meta, entrega, resultado independente, independente do setor ele acaba atuando. Eu notei que grandes equipes geralmente são formados por pessoas que tenha se tem esse perfil da equipe que entrega. E aí eu queria saber, dentro desse contexto, todo o seu. Como que você fez algumas coisas, como você fez para montar a sua equipe hoje, se tem alguém que está contigo e desde o começo a gente sabe que no mundo das startups hoje está um hype bizarro! Primeiro que desenvolvedor você disputa pelo mercado de fora, segundo que grana no Brasil tem sido difícil, está mais escassa. Vamos dizer assim nos últimos quatro cinco anos do que do que a gente viu ali entre dois mil e doze, dois mil e treze que tinha entre antes e tal. Mas ao mesmo tempo a gente viu alguns alguns unicórnios surgindo nesse período. E aí eu queria saber como que você enxerga nesse contexto a construção de equipe, a lealdade da equipe para se chegar no objetivo que quase toda startup tem aí, que é de crescer o suficiente para fazer um exit e te botar um dinheiro no bolso, de repente construir um outro produto no futuro, enfim, como que a sua visão nesse

 

00:11:51  Matt

Eu já contratei muito certo, e contratei muito errado. O que eu posso dizer é que os meus últimos sócios, os sócios da VidMonsters, eu contratei bem. Nomeando eles aqui que eu acho que é sempre importante falar as pessoas e aquilo que elas fizeram de com bastante competência, ntão, a Carol tocou muito bem a estratégia de marketing nossa, tanto que o nosso blog ele ultrapassou cem mil visitas orgânicas recorrentes em um pouquinho mais de um ano, lembrando que era um domínio zero bala, de um domínio novo igualmente um ano, um ano e pouco de existência, eleva muito a dificuldade de você fazer isso.

 

00:12:32  Victor

É preciso falar que estou copiando as estratégias e esou começando a ver alguns resultados já

 

00:12:38  Matt

O que dá certo a gente tem que copiar mesmo! E depois a gente vai aprimorando, fazendo aí fazendo aquilo que está mais ele dentro do nosso contexto. Carol, ela puxou muito bem isso e, enfim, o nosso blog foi o grande trunfo nesse sentido muito importante falar isso. A parte de UX/UI foi Thiago que puxou isso Eu fiz a primeira versão da Vid, mas quem puxou? Isso? Gringo mesmo? Foi o Thiago! Então os dois são pessoas extremamente competentes, o Thiago eu já conhecia mais tempo, então foi mais fácil trazer ele para o time porque eu já tinha um elo com ele. Então, essa máxima que você vê pedindo, por exemplo, numa aplicação de YCombinator, que é uma aceleradora muito conhecida lá fora. Então, sobre os feitos que você já realizou com as pessoas, as quais fazem parte do seu corpo societário, porque realmente é importante que você tinha ela como com essas pessoas e um ela prega de água, por exemplo, era um orçamento bom, não conhece a gente. Já tinha feito algumas coisas paralelamente, não necessariamente juntos, mas ele já se conhece. A gente troca muita ideia. A gente conversava muito e de opinião muito um do outro nos desenvolvimento de produtos etc. Então, já tinha uma sinergia muito a particular. Nesse caso, aí encontrariam um pouco à regra, mas muito mais, como exceção, na minha opinião, do que como como uma regra para se adotar. Eu não conhecia. Nunca tinha visto ela na minha vida. Inclusive a primeira conversa que tive com ela estava em outra cidade, foi por por qualquer e por isso cai. E eu só conheci num café. Quando nós fechamos para ela vir trabalhar ainda como rede de vendas, não estava nem na parte de marketing. Então vamos dizer assim que fazem o seu trabalho com tanta diligência. Os resultados como ela, por exemplo, é raro. Você acha, tem conseguido trazer Thiago um bom time e também a Carol acertar a contratação da Carol. Acho que foi determinante para a gente quando a gente fala da vida, por exemplo. Então, resumindo o corpo técnico, ele precisa ser complementar. Os carros precisam, assim, em funções complementares. São cercadas muito bons e eles têm que ser muito acima da média de cara, muito acima da média. São caras que igual. Você falou que eles vão chegar a ser disputados por empresas de fora só porque são muito bons mesmo. E aí você? Eu sei que sou piegas. A galera fala que isso não existe, mas existe porque as pessoas mais velhas, quando elas passam dos trinta dos trinta, Carol não tem trinta ainda mais. Mas Thiago e eu já já passa dos trinta, A gente vai chegando no nível que a gente não está preocupado só com a qual cargo que eu tenho preocupado com a economia. Estou preocupado em fazer algo de qualidade. Estou preocupado em deixar uma marca. Deixa um legado. Essa é uma produção que foi uma preocupação muito grande, que a gente quer ganhar dinheiro, a gente quer realizar nesse sentido. É claro que sim, mas pessoas nesse perfil para mim estar pessoas que seja um pouco mais velhas, para corpo de sócios um pouco mais maduras, para lidar com os desafios que são muito e pessoas que sejam assim, que entrega, entrega com sobras que você esquecer estará entregando o sinistro e muito mais o que se está esperando. Esse é o tipo de cara que o procuram. Ficar encoberto, trabalhar junto, não tem essa pegada já ficou meio embolado sambas.

 

00:16:01  Victor

Assim sim, engraçado que estava numa reunião hoje com o meu aqui. E um dos assuntos que surgiu foi justamente essa idade do falta de sucesso, do empreendedor de sucesso, que às vezes a gente tem uma distorção, achando que o carro de vinte e poucos que alcançou sucesso muito pouco os cara de trás de salão ter oito, porque justamente consegue entender que a coisa não é, não é só só aquilo ali físico. Nesse momento vai além

 

00:16:30  Matt

das já sabe você sabe que a cidade de trinta quarenta ainda é exceção? Você vai perceber que um padrão ele começa a existir é de quarenta a sessenta anos. Isso é esquisito quando a gente fala, mas os caras que fazem sucesso estrondoso. Se vai pegar as maiores empresas que a gente tem, um certo, a maioria deles. As pessoas que as fundaram começaram a encontrar se encontrar com o que a gente chama de sucesso de realização do negócio por aí, de quarenta para cima. Então, quanto a pega um carro de trinta anos, ainda não houve. Não vamos falar assim, Mas ele já tem uma maturidade em particular contra um cara de vinte e poucos anos. A gente, se a gente olha para trás a nossa jornada de uma vez, quando tinha vinte e poucos anos, tinham pouquíssima experiência, então para mim isso é um fator importante. Hoje, na nossa realidade, se eu não tenho caras assim eu nem chamo velho Justin, no máximo. Como fazer chamar como frio lá, para fazer alguma coisa, às vezes traz como como funcionário ou alguma coisa do tipo, mas como sócio, nem conversa

 

00:17:35  Victor

e até na

 

00:17:37  Matt

regra não

 

00:17:39  Victor

é até legal você falar isso, nem converso. Tem muita gente que não entende ainda exatamente como que é o sistema de vestir, se você puder falar um pouquinho, o que é e como que foi, a sua experiência e se você acha que isso ajuda ou não na escala do M, descartado porque tem muita gente que acaba construindo, mas nesta ataque, com aquele corpo de sócios enormes, todo mundo no vestiário e na hora de fazer um investimento, por exemplo da empresa está todo todo isolado. Então, como foi mais ou menos você tem algumas experiências que você entende social, acho que ajuda. O

 

00:18:15  Matt

cara deixa é sempre importante, a gente fala do cliente do vestido. Essas duas contingente fazem dois documentos separados. Minha experiência pessoal que deu certo para mim, pelo menos pode não ser a melhor prática. Foi colocar o cliente, investe juntos. Então, veste, a gente fala que desistir de ações literalmente você vai ser destino de ações ao longo do tempo. Então vamos supor que eu vou te convidar para ser sócio de um. Dizem que a gente vai começar agora. Eu falava comigo com você seja cerca de dez por cento. Só que ele vai conquistar esses dez por cento ao longo de um período e qualquer. Vai ser esse período normalmente a praça de mercado são quatro anos. Então, grosseiramente, pode ter várias nuances, o que já fazem pagar dez e dividir por quatro a dois e meio por ano. O que acontece? Se você entra, uma outra trava, que ela trava do aniversário. Então o primeiro aniversário, ele é muito importante que acontece. Se você desistir do negócio no primeiro aniversário, você perde tudo, Ou seja, se você não completa um ano desse contrato assinado, você não vai ficar nem com dois e meio por cento e setenta de tudo. Cem por cento dos dez por cento. Se você diferentemente disse, fica um ano, shows e conquistou seus dois e meio por cento. Se você ficar dois anos, dois anos, cinco por cento. Agora se ficar, por exemplo, um ano e meio, mas a pegar metade de dois vírgula cinco e somam seus dois virgula Cinto você já tem e você sai da empresa com a proporção daquilo que você fez. O que ele faz essa trava do aniversário e o vesti divididas por ano? Isso pode brincar mais. Essa pode falar que no primeiro ano, como tem um risco maior, se não vai dar dois meses, vai dar para três por cento a média de sete por cento nos três outros anos. E assim por diante. Se pode combinar um aniversário menor, tinha várias regras. Seriam um assunto mais complexos em várias regras, como, por exemplo, a se você receber investimento, O cara é uma empresa que não tem investimento ainda, não recebem investimento. Isso pode fazer, por exemplo, que se recebe investimento para encorpar outras a todas as ações ou gols Chile o aniversário dele, mas vai fazendo vários vários ajustes finos aí de acordo com sua experiência. E também de acordo com com as pessoas que estão dentro do seu time tenham isso basicamente um contrato. Passam dessa forma qualquer vantagem de fazer isso, a vantagem que você consegue, dependendo das pessoas, fazerem trazer, trazer alguns caras que estão a fim de trabalhar, não só por dinheiro, mas para fazer uma grande conquista. Porque uma mais a ver com propósito. Mas desde longe de falação. Não vou pegar um cara muito bom por um preço baixo. Não, Não estou falando dessa relação de pessoas. Não estão propostas com relação às pessoas que também não estão querendo fazer uma troca de oferecer nesse sentido?

 

00:21:04  Victor

Sim, sim. E aí enquanto não tem o aniversário e não recebi aquelas ações, ele fica contratado sobre algum regime final?

 

00:21:15  Matt

varia, varia, depende. Aí vai depender da sua contabilidade, vai depender da mente. Como você vai trabalhar as questões jurídicas? Porque, por exemplo, pode acontecer que representa, nem está constituída, você vai ter que fazer, mas ela tem que fazer assim um rebolado num jogo de cintura para trabalhar com isso. Então seria fazer formalizar essas coisas, todo mundo dando assente e depois você vai trazendo mais camadas. Onde informações jurídicas, à medida que as coisas também, como evoluem. O mais importante é sempre o famoso combinado. Não sai caro? Então deixar isso tudo muito claro, tudo muito bem registrado, as necessidades, as prioridades. Quem precisa tirar dinheiro desde o começo, quem não precisa essas coisas. Todas são importantes. Alinhar porque, como você sabe as coisas, elas podem dar muito errado. Ao longo do caminho, elas podem também se realizar de uma forma completamente diferente. Isso vai exigir dessa galera desse corpo fundador. Começaram no início que eles tinham no papel, então é importante considerar todos esses fatores. Empreender não é brincadeira, no Brasil ainda é mais complexo, você precisa sim ter suas economias, você precisa sim. Se resguardar, algo precisa ser feito com bastante responsabilidade. Se não sai novamente nos pés pelas mãos, não recomendaria fazer as coisas em caráter de aventura.

 

00:22:38  Victor

Exatamente concordo plenamente com você, não compete aí eu lembro de quando você começou também a vida de startup compartilhava lá nos seus artigos muitas vindas a prioridade que está trocando ideia que recentemente se transformou na newsletter Plano Sabes TEC, que recentemente também recebeu um aporte milionário. Qual é a sua? A sua ideia, as pessoas por trás disso e que você falasse um pouquinho mais sobre os últimos artigos, em especial sobre o monte logo seu poder econômico, sendo que todo mundo está buscando o unicórnio. Qual é a brincadeirinha por trás disso? Eu sei qualquer mais contar para a audiência que vai querer saber de

 

00:23:17  Matt

cara o grande estatal. Assim tem um carinho muito grande por ele. Assim foi um parceiro. Vamos falar assim, esquisito falar esse índice baixo, mas descartou a pele Mas não muito numa jornada no momento da minha jornada, que foi muito difícil. Então escrever se, analisar algumas frustrações, por isso que tenho assim, um peso maior de tinta, é muito importante para mim. Eu sei também que dentro das suas devidas proporções, ele contribuiu bastante para muita gente. Ele sempre teve um bom indicado de visitas, bem reconhecido nesse sentido e eu sou muito grata, ele depende também escrever bastante, com muito a aprender, mas ele foi muito último. Nesse novo momento eu pretendo retomar o contato com outra pegada enquanto o blog, mas com outra pegada. Ainda não está fechado nisso. Mas deve fechar isso em breve. Ele provavelmente vai voltar, mas ele provavelmente vai ter uma cara. Eu africana, não tenho certo, pode mudar, mas ele deve voltar mais uma cara assim de topo de funil. Senti foi chamado para ajudar quem está começando, Então, com informações mais técnicas, de como começou a minha opinião, então ela pode variar, pode pagar para lá e eu posso, na hora que eu quiser falasse, é um momento de opinião, Essa minha pegada sabe. Então eu venho escrevendo para trazer um pouco de evolução, a minha percepção sobre algum mercado. Um algum momento e coisas com relação a essa ideia de unicórnios versos, qualquer brincadeira, cara é o seguinte falou todo mundo fala, Todo mundo fala de uma corrida, unicórnio, unicórnio. E com razão, porque essa é um grande feito. Você construir uma empresa de valor bilionário ainda mais em dólares, estaria falando nesse exato momento de quatro bilhões de reais. Não é brincadeira, é um negócio. Violência hoje no Brasil têm se multiplicado e é muito legal, porque isso mostra que existe um caminho bacana no Brasil, apesar de todas as dificuldades e um caminho muito bacana para esse tipo de crescimento. Tão bem que que passa neste momento atual de dez bilhões de dólares, de vão, do Eixão, você tem um banco Internet é que pouco se falou dele, mas ele fez uma oferta pública e agora um ponto três. Alguma coisa assim, bilhões de reais, no caso da oferta. Então que eu acho que um bilhão quase foi só foram dez por cento pelo presidente, estão também formação de unicórnio. Você tem o de impeçam ter enganado você tenha Logue aí aí nós vamos. Nós vamos falar de vários diferentes caras que tem crescido muito no mercado. Não precisamos falar da parte de compartilhamento de carros, os participantes na vida e elo tem muita gente, ou seja, está se multiplicando, está crescendo, tem muita gente trabalhando em cima disso, o que é legal pra caramba e Fuel é um feito difícil de se realizar, mas é realizável esse estado só para provar que é possível realizar. Só que, por outro lado, cara, você tem um outro caminho que também é realizado. E ele é muito bacana também, que às vezes poucas pessoas ou quase ninguém está olhando. Saca E aí por isso que eu fiz essa brincadeira do podem correr porque ele é um cavalinho também sacou. Ele só é menor, mas ele continua sendo legal. Ele continua sendo alternativo. Ele continua sendo lucrativo, ele continua sendo uma grande realização. Para que puxa, ele sai a definição. Se a gente pudesse falar, podem correr para estar na mesma página. Não se tem um unicórnio que a empresa que vale, então vale um bi. Vai ter um valor de pelo menos um bilhão de dólar, porém corre. O cara é uma empresa que é lucrativo, É uma empresa que é escalável. É uma empresa que, a exemplo, no mercado, mas é uma empresa muito, dificilmente vai fazer um ano pior. Sacou muito, dificilmente bairro em várias dessas no mercado, não. Apenas elas vão focar em pelo menos dois caminhos diferentes que um caminho deles. Alguém chama de lá, estava eu mesmo é o carro. Talvez não vai pegar o investimento, pode até pegar mais. Talvez não tem investimento. Levante negócio consiga fazer uma recorrente importante. Vai ganhar muito dinheiro com isso e por dez, vinte, trinta anos. E há uma baita de uma empresa com cinquenta até cem funcionários. Por exemplo, você tem um outro cara que é o caçador quando ocorre o caçador, ele vai cassar um unicórnio ou um cara que é uma outra empresa que está prestes a virar um unicórnio e aí ele vai atrás. Ele vai se preparando. Se passa naquele batonzinho pouco para se preparar para virar a cereja do bolo desse desse futuro único. Ele se aparenta um possível unicórnio. Um futuro unicórnio é um carro que também que vem investido, vem bem forte, queimando grana, crescendo acelerando, mas com um foco de ser vendidos, absolvidos assim quase que explicita, o foco deve ser vendido se adquiridos por uma empresa maior e trazer muito valor para essa empresa que adquiriu esses dois caminhos Os dois caminhos são bons para investidores o caminho que a empresa adquirida pelo futuro unicórnio legal, porque os investidores podem ter uma saída legal e, por outro lado, vai ter um exemplo até prático, por exemplo, do mês. E quem, que é uma empresa muito conhecida no mercado por ser anti Vale do Silício entre aspas, são controlados solicitar mais? Eles são anti muito dessa lógica e quem está falando de investimentos etc. Mas eles receberam investimentos de nada, mais nada. Menos de dois meses da Casa, entrou tipo de sócio do contrato social. Está ligado a uma empresa limitada. A gente fosse chamassem. Aqui no Brasil, tenho que que o vezes ganha com isso. no caso dele não vai fazer muita diferença que ele supere outra milionário são gordice mos vultosos dividendos. Essa empresa fantástica que tem centenas de milhares de clientes então, por exemplo, pode acontecer, talvez um investidor ficaram, chama que seja, Olha para ele jogar dinheiro pouco de contas

 

00:29:56  Victor

onde dá dinheiro dá certo. Deu, acabou

 

00:29:59  Matt

ele pode ser mais criterioso, encaixar um investimento um pouco melhor, um pouco mais ou menos de produto que gira rápido, que tem um conjunto de saídas muito claro que pode ser vendida para vários mercados diferentes, e assim por diante. E aí mesmo que essa empresa não seja vendida, se ficar, ele vai acabar ganhando muitos dividendos em três, quatro a cinco anos. Um retorno às vezes maior, retorno, retorno maior possível realizado do que ele teria com tipos de investimentos a com a espera de um grande depósito? Como falar? Sim

 

00:30:37  Victor

sim sim, também interessado estava falando, estava lembrando muito de alguns vídeos que o guerrieri fala duas vezes. É mais interessante você ganhar oitenta mil dólares no ano do que um milhão. Se você tiver fazendo a parada que você curte, então vejo muito alguns mercados de nicho assim, de conteúdo eu acho que vão vão se beneficiar, assim, de pensar dessa forma aqui em Vitória, por exemplo, já vi muitas startups, vejo que acaba o que vem para o mercado com com essa intenção, com esse olhar claramente ela está assim cara, estou nesse mercado. Eu vou dominar esse mercado aqui e talvez esse cara gigante que estava no mercado nacional e compre, porque eu já dominam o mercado do mercado. Para ele ainda consigo adicionar mais alguma Fitch, alguma coisa no produto dele. Eu vi mais ou menos o causa antes do banco original comprar. Eles bateram cabeça votar várias vezes e agora estão ali bem sólidos e como um produto externo, agora ao banco original, antigamente era até um produto do Banco regional, Enfim, meio que fiz essa associação enquanto você está falando e concordo plenamente com você. Da mesma forma como surgem os concorrentes dos unicórnios tem a rápida em um refúgio em cada local. Tem sempre um delivery ali que domina uma fatia considerável do mercado, mas não faz nem cosquinha no unicórnios

 

00:32:04  Matt

e até concordando que está falando se você for pegar mais forte, por exemplo, ele passou um momento que ele se passa no rolo compressor, quando não o rodo geral no mercado, comprando todo mundo assim, Quem fez isso? No passado, também na sua grande? No seu grande? O impacto foi o próprio grupo que comprou vários vários sacos de culpam diferente aqui no Brasil, por exemplo, aqui indagar como também um ou dois e assim por diante não sentem vários exemplos nesse sentido. Então só processa aquela que essa tese é uma tese verdadeira. Ela funciona. Você ainda tem uma outra camada que a camada dos caras que estão naquela fase final de você aquisição, disse O tempo inteiro a é, pode que ela gosta. Mas a gente queria empresas nesse período em fase final, de perder

 

00:32:53  Victor

para poder embarcar tecnologia nos produtos futuro

 

00:32:57  Matt

da fazendo diacuí, raiva você contratar com inteligência dos caras e também contratar e também trazer para dentro uma tecnologia já em fase avançada de desenvolvimento. Você tem outros exemplos O Google faz isso também, O fez isso na profissão. Mas também tem todas as grandes armas, vão todos esses têm não só de compras, grandes clássicas como também essas, essas bem pequenininhas que a gente chama de para anos especialmente para o investidor Anjo a camada que estou falando, ela está até um pouco para cima de massa. Para caramba tem acalmado um pouco para cima que a isso, a ver nos Estados Unidos isso pegar pelo menos nos últimos oito anos. Se começa aí, com uma média lá para dois mil e doze, uma média de valor. Eixão, nessas empresas, de sete ponto sete milhões, vai subindo até você chegar a dois mil e dezessete, com uma média de um valor dessas empresas. São medidas nessa rede de vinte e dois, dois mil dezoito, quarenta e três. E este ano, para fechar para fazer média, mas por encontrar um pouco acima de cinquenta milhões. Se for fazer uma comparação com o Brasil, seria como se o Brasil tivesse hoje Nesse rendia, e de dois mil e doze para dois mil e treze, onde não todas, mas assim fazer uma média. Muitas dessas empresas estão pratos que são adquiridas por empresas muito maiores que elas estão sendo. Elas estão sendo organizadas por sete milhões de reais dez milhões, vinte trinta até cinquenta milhões, por exemplo. Algumas aquisições nesse patamar aqui no Brasil já registrados este ano, por exemplo. Então, isso mostra que, de fato, é um mercado que existe E o mais curioso, cara é que, por exemplo, um carro que vende a empresa por trinta quarenta milhões no Brasil, por exemplo, se ele tiver feito isso numa jornada, por exemplo, de três, quatro, cinco, seis, sete anos, esse cara, ele tem a propensão. Esse fundador dessa empresa específica ele tem propensão nessa jornada dele, contando mais para frente, ganhar mais dinheiro do que o fundador de uma empresa que vende um unicórnio. Obrigado por vários motivos. Então presa para ele vai ter esse dinheiro, vai aplicar, vai ficar de férias, vai continuar trabalhando para fazer outra coisa, vai ter um tempo, ele vai ter mais tempo de qualidade, ele vai ter concluído um ciclo, vai ter voltado dinheiro suficiente na conta. A gente pudesse falar assim por aqui, tecnicamente ele não tem tempo na prática. Assim, na próxima não é tecnicamente, não tenha o mesmo valor de saída de um cara muito grande, mas na prática não faz diferença de carga com dezenas de milhares de milhões de reais na conta vai ou não tem assim, não conseguem dar saude, entendeu que está rendendo e o dinheiro todo mês? Assim, um absurdo tem na poupança não falasse chega a ser absurdo em diferentes fala, assim, em diferentes ele vai ser um dono de um unicórnio de um fone desse tamanho.

 

00:35:50  Victor

Sim, sim, concordo

 

00:35:54  Matt

também, marcando assim, a pensar dessa vez. Eu vejo pouco empreendedor, pensando vez crescendo, mas eu vejo pouco empreendedor, pensando dessa forma sim, até porque essa possível abertura de mercado brasileiro nos próximos anos, a gente, aqueles que tiverem bem preparado, com certeza manter assim na sua mão excelentes ofertas nesse sentido eu imaginar uma presença militar de maneira empírica, obviamente, mas é uma crença que eu tenho. Eu acho que o mercado se abrindo a para a prisão em terreno seguro, nessas empresas de fora, vão querer fazer algum tipo de fusão ou não querer comprar alguma coisa que para ajudar essas operações. Então eu acho que é muito positivo para vai trazer muita competição, mas também vai ser muito positiva para esse.

 

00:36:45  Victor

Com certeza estava vendo hoje. Foi hoje assim esbarre com algum artigo falando que no último ano, Gugu fez mais de mil e duzentos aquisições de empresas, mil e duzentos, coisa para caramba. Isso só para falar, não só a parte que você tinha comentado do Jacuí contratar os cérebros por trás algum desenvolvimento porque pensa na marca Gol. Acho difícil ter alguém que não gostaria de trabalhar no Google, percentual mínimo de da população mundial. E o outro ponto aqui nesse nesse cenário que você falou interessante, eu fico pensando muito assim. Vejo duas possibilidades três. Uma é o mercado brasileiro, cresceu o suficiente para a gente conseguir votar esses planos competindo quase quase pau a pau assim Não tão pau a pau, porque não vai ter tanto caixa para competir com a gigante chinesa, como a Didi, que comprou noventa e nove para concorrer com alguma gigante americana? Facilidade de acesso a Capital mais facilidade de acesso à Capital do que a gente. Mas eu vejo nesse cenário. Os brasileiros começam a se posicionar uma capacidade de competição internacional ou antes disso acontecer. O mercado chinês, principalmente, começar a olhar para a gente com o custo de oportunidade muito mais interessante acabar adquirindo várias empresas. Hoje, como se tivesse várias vídeo monsters atuando com ferramentas diferentes que dominam o mercado, que não vai ser. Vai ser um unicórnio naquele momento. Mas se vier um capitalista por trás, compra todas e cria uma joint venture Acaba criando, criando um Unicórnio. Enfim, são alguns cenários malucos que acabou pensando e vi que eu vejo que é o alguns sinais e perdido pelo que você me conta, Pelo que leio, Enfim,

 

00:38:39  Matt

cada artigo, vou lembrar depois de passar a limpo. Então artigo muito bom até se tem alguma das minhas em alguma das minhas mãos leves. Depois vão achar para mostrar como produtor de um tornado quando Sexta-, sigla arregaçada na Europa, em termos de redução de investimentos, está muito preocupado com essas regras muito rigorosas, que são mais rigorosas do que as que vão entrar em vigor aqui de leis de privacidade outras coisas, mas a prejudicou muito. Investimento estatal abre no mercado. Aqui, por exemplo, melhorou nas regras do jogo. Como a gente fala da liberdade económica, ela realmente indo para frente é muito bom. Hoje sai uma nova também, que é muito interessante sobre balanços, enfim, saindo essas coisas, diminuição de taxação, de um monte de coisa, a reforma tributária e da Previdência não entra no ponto específico. Assim na direta, mas é indireto essas coisas andando, não interessa se concorda ou não, fato é que essas coisas andando você mexe no mercado, mercado interessado de fraca, então sim, imagino essas coisas, todas vingando, vigorando que de fato você vai ter um desvio positivo. Ou seja, sai uma grande e importante da Europa para cá e também com ela, com a manutenção de juros nos Estados Unidos e outras coisas do tipo também é muito grande lá vindo para cá, porque o mercado aqui se abrindo, isto é um mercado consumidor, é ainda relativamente pequeno em comparação com o mercado, mas é suficientemente grande para alguém chegar aqui e numa numa parada de quatro por una que é o valor do dólar nesse momento fica barato para comprar e lucrativo para Carano. Para ele ele tem um retorno muito rápido, comprar uma empresa que alguma coisa. Assim essa minha cabeça sendo muito simplista tentando deixar o entendimento simples para todo mundo. Então eu acredito que se abra sem as pontas, para que coisas como essas aconteçam a gente. Já as outras particularidades. Talvez enquanto o fundo de investimento, como a própria sorte, bem que na verdade é um fundo saudita que utiliza a SoftBank, que é operada do Banco Central japonês jantando, nada que utiliza para fazer essa multidão de investimento. Saca então são coisas assim que a gente vai crescendo cada vez mais por aqui na minha. Na minha visão, quando se fala de investimento a galera, se ela asiáticas, vamos chamar assim?

 

00:41:08  Victor

Sim, eu tenho eu tenho plana, convicção que, melhorando as regras do jogo, como você colocou, é essencial a gente. A gente sabe que o Brasil tem potencial, mas as as estradas não têm clareza nas regras, e aí a Justiça também não te dá aquela segurança jurídica que você você precisa para diversos acordos, Enfim. A esperança, e que eu tenho visto aí é que isso tem todo o potencial de melhorar. Eu estou cem por cento alinhado com você nesse sentido. E que realmente assim, a minha preocupação fica só mais quando a gente pensa que tem que ela da Europa, com a nossa equipe. Outro dia estava até conversando, com conhecido do lado de Porto Alegre, que ele toca um fim. Tem que ele é um estudioso muito grande sobre a individualidade. E aí eu perguntei para ele sobre a questão filosófica em relação aos dados, porque os dados não existem. Se não existe ser humano, então ele é uma propriedade minha. Ou a partir do momento em que eu coloco ele no Mundão que a internet ele deixa de ser meu. Eu fiquei muito tempo refletindo sobre isso, e minha opinião acabou mudando. E aí, nessa maluquice toda sobre dados, sai aquele documentário enviesado do Netflix, e a gente vê que as multas aqui no Brasil, por exemplo, podem chegar. Não sei quantos por cento do faturamento com teto de cinquenta milhões, isso vai ser um desafio.

 

00:42:57  Matt

Sobre esse documentário do comentário do Prêmio Jabuti de Fernando, que está falando, eu fico impressionado com relação às críticas a ele. É o seguinte todo mundo acabou, ninguém sabia que o Facebook estavam roubando todos roubando. Não desculpa. Estava usando seus dados, fala isso. Falou que fez, furtou telefônica, sempre falou e continua usando sim, você é muito assim. A gente fica muito distante da prática assim, da praça de Cibeles. Carta usada por não está fora do tirava que morreu quiser, Vou requerer, queria de volta o meu meu dados ela. Mas a gente não faz isso, a gente muito passivo. E aí a questão política que envolve para impedir analítica. E eu acho que é meio tosco, na verdade é que os carros fizeram nada de errado. Eles não infringiram na minha opinião nenhuma nenhuma, nenhuma lei, nenhuma regra, nada cara de você foi um bobão que preencheu

 

00:43:51  Victor

por livre e espontânea vontade,

 

00:43:52  Matt

livre e espontânea vontade, você apertou que queria passar os dados para os caras. Cara vai fazer o que a gente puder, pois vai falar não não me dar As aulas voltaram! Eles estão de volta, não tem problema porque experiências aos votos pode pedir mais. Reclamar que os carros acessaram o tiveram acesso aos dados. Ananias Não tiver acesso aos dados, você deu seus dados para os carros ensinar. Essas das caras trabalharam. Está tudo muito para seja também regras do jogo para igual falar igual, reclamar que a publicidade do do vizinho funciona ou do concorrente funciona melhor que foi falar! Carta fazem práticas ilegais porque a performance dele é melhor porque ele tem cientistas de dados, analisando o comportamento com a imagem. Melhor contexto. Melhor quando a proporção de texto a EVA falar errado, em vacilo. É óbvio que assim é óbvio que você, enquanto a gente vai fazer essa discussão sobre privacidade, sobre quem é o dono dos dados, Tudo bem. Essa discussão, ela super importante. Eu acho que o recorte especial em cima do creme de analítica é meio bobagem, sem dor. Assim, de mau perdedor saca os caras. Eles fizeram uma eleição assim, com todo o respeito. Mas os democratas fizeram uma eleição pobre como eleição, com pouca estratégia, eles não fizeram Como Obama fez, Obama fez um trabalho violento. Obama sempre foi conhecido. A campanha de Obama sempre foi quinze. Casa de desa área sempre foi que respostas nas mídias sociais, sempre foi quinze De uso inteligente, estratégico, doze dados. Sempre foi cara, sim, vencer duas vezes. Com oito anos governando os Estados Unidos, eles acharam que não pesarem não fazer a mesma coisa, melhor com a reivindicar. Além de não ter feito isso na sua campanha E também de ser mais fraca que o Obama. Então, dos sentidos, ela também não fez o jogo político de visitar todos os Estados. Ela considera alguns Estados, Nunca perdemos. Já ganhei. Não vou visitar. Ela tomou uma virada exatamente nos Estados que ela achou que ela ganharia. E foram exatamente esses estados que viraram o jogo para o trabalho. Então é muito fácil, depois que eu ficar com mínima desgraçado. Ah, não, eu pedi eleição porque foi roubado, porque alguém agiu de maneira desonesta. Já foi a Rússia cara para não forem, não foi o que aconteceu. Não foi o que aconteceu, a gente sabe muito bem. Nós estudamos juntos, cem quinze da eleição do Trump, próprio foi violentamente questão de marketing. Paulo tal qual Obama foi nas suas duas eleições, ela não fez o mesmo dever de casa que o Obama fez, que a campanha Obama fez e fez muito bem feito. E esse foi o motivo majoritário de eles terem perdido. Não foi a campo de analítica. Aqui a derrubou. Não foi isso

 

00:46:53  Victor

que atrapalham o plano?

 

00:46:55  Matt

É ficar claro, os carros fizeram o dever de casa deles, como assim? Bons estrategistas e, como sabe política assim que funciona, nós temos que ter essa consciência claro, não está tendo para de ser mau perdedor. Na minha visão, é fácil perder. Entendeu quando? E saber que, por exemplo, esses grandes ainda fez a declaração do ITR. Estão desesperados. E Instagram estão desesperados, tentando a boicotar o Trump em dois mil e vinte. E eles não conseguem mais esconder, está cheia de inspecionar. Saiu hoje. Hoje saio, reportagem de um ex funcionário, hoje tem série, mostra como os caras estão muito revoltados. conheçam os funcionários, assim como a França, as aflições também, uma forma que não fez, o que influenciou na legalização do aborto na Irlanda e outras coisas. Não estou julgando o mérito, se é certo e errado, eu tenho a minha convicção. Não é disso que estou falando. Falando da questão técnica de que os carros fizeram, sacou Não. A ciência pode discutir muita coisa sobre dados, ele já vai sair. Nós temos em relação à questão da privacidade. Voltando para o tema, esta etapa é um desafio sem trabalhar com isso. Mais de novo cara. Se você faz seu trabalho direito, não Cola de marketing, de conteúdo. Falar que de busca orgânica de Cedric objetivo você pegar meios, você mandamentos, nos remeteu para o cliente em algum momento. Toda a gente sempre falei isso para um profissional. Nunca pedi oportunidades no mercado. Isso é raro de acontecer. Anormalidades não acontece. Então, quem estiver trabalhando direitinho, se adaptando as regras do jogo, vai encontrar seus caminhos com naturalidade. Na minha visão, pelo menos, vai ter alguns desafios maiores. Vai porque vai ter essa a mudança da época, por exemplo, de como ela vai fornecer por meio do seu sistema de alugue o e mail os dados para as outras empresas é muito interessante que agora é um futuro inevitável. Então a proteção de dados ela tende a aumentar naturalmente e nós temos que lidar com isso e como identidade. Conheça produzindo conteúdos com mais qualidade, entregando conteúdos mais reais, realistas, melhores, profundos, que realmente travam uma diferença para o cara que está lendo aquele conteúdo para merecer mesmo a receber. Recebendo cara o contato dele entendeu e o doi daqui. Se você não mantido desse nível de qualidade para poder obter nessa aí fora assim que a ordem segue o jogo. Tem ano gostei isso isso eu acho que isso vai deixar o mercado mais profissional. É difícil comparar, é até bom!

 

00:49:47  Victor

Foi igual quando teve a discussão do fim dos likes no Instagram, que me perguntaram o que eu achava falei eu não acho nada. Eu acho que quem é bom não vai ligar para se se está recebendo dez mil likes, quinze mil ex. Um milhão de likes vai se preocupar com a taxa de engajamento. Se está construindo a comunidades e tem gente ali mandando comentário que consequentemente, acaba virando, no mínimo, um advogado do produto da marca. Enfim, aquela pessoa que defende mesmo que não vire consumidor, porque nem sobre nem sempre é uma mídia para você converter para produzir um conteúdo de influência. Enfim, eu penso, penso da mesma forma que você colocou. Aí eu acho que a gente está. Às vezes, as discussões acabam sendo para correr atrás do próprio rabo de muita gente que tem medo de não conseguir se posicionar efetivamente no mercado, da forma como ele vai se desenhar. Como você falou. Bons profissionais não sofrem com este.

 

00:50:44  Matt

Com relação à situação de Laerte, a mesma coisa que o trânsito está fazendo agora de esconder. Então eu acho uma falta de vergonha na cara dos dois, tanto no Instagram quanto do Twitter? Saca sim. Primeiro balizar mudanças de sopa Eu sou um cara de produto, Então vamos encontrar a realizar a mudança de sofrer por causa de mim, me desculpar, pois essa é a minha opinião, sim, É obvio que você tinha um problema, mas o problema comportamental das pessoas não se resolveu. Só tirando a contagem de lá, porque a vaidade ela continua existindo, Ela só vai migrar para outro lugar se você vai de isso em outro lugar para não vai ser, vai ser na quantidade, vai ser na quantidade de comentários, vai ser a qualidade com particular o número vice. Qualquer político vai pautar a parada dali para a frente da gestão Agora. Por outro lado, na minha opinião, enquanto consumidor do Instagram, eu vejo isso de maneira temerária, porque eu usava. Enquanto, enquanto o usuário eu usava isso para refletir se a quantidade de servidores ficaram condizente com a quantidade, seja o conselho, muito engajamento, consequência, saber como autoridade daquela pessoa tem dada pela própria audiência a questão da Justiça nas aparições. Camila Uma série de outras coisas tem relação com a performance de anúncios? Tem uma série de complexidade? Sim, sim, Então, com relação a essa ação técnicas, e preocupa essas questões que preocupam a tomada de decisão, motivo como eles falaram, eu acho temerário. Eu acho que vai ter um. A Fazenda de Verão, eu acho. Mas independentemente disso, a gente continua no menos, no final das contas a gente volta para que primeiro vai continuar, vai ter que trabalhar lá em cima para prosseguir basicamente isso.

 

00:52:58  Victor

No final da mesma mudança no final do dia. O que importa, o que importa é que você sabe ele como que você está usando a mídia para geral que você precisa gerar exatamente cara. Estamos chegando ao final aqui, já temos uma hora, praticamente episódio. Gostaria de cara, deixa aberta e suas considerações finais. Você quiser fazer qualquer tipo de anúncio, está recrutando. Não está recrutando Quais são os planos futuros que está pensando aí para a vida. E deixa aberta a falar,

 

00:53:37  Matt

de agradecer pela oportunidade pelo tempo. Eu sempre faça se discrimine, não sou dono da verdade, Vai procurar no Google ou num em algum outro buscador que seja ou vai vai na biblioteca, enciclopedia, enfim, correm atrás. Vai ver se o que está falando aqui se reflete. Aplica se ela vai. Enfim, houve outras pessoas, até pessoas preferencialmente, bem mais experientes, que a gente que sejam bem mais inteligente. Seria ótimo fazer isso para que você possa ter um um reflexo do que do que guardada Aquilo que está falando. Retenha são aquilo que tudo, o dono da verdade, cheio de conhecimento, não é bem assim. Nós também estamos na jornada aprendendo. Aprendo muito, com os batendo, cabeça, aquelas frases de corte que é muito engraçado, mas que são até a verdade é que assim como o que se aprendeu a fazer, o certo passa a aceitar as coisas certas. Era legal, estão fazendo com o que se aprendeu, fazendo fazer as coisas certas fazem nosso fazer assim eu aprendi a fazer, então a gente se então pode ser que algumas coisas que estão falando aqui da nossa vivência a gente ainda vai perceber que tem algumas algumas coisas que precisam ser melhoradas, então sempre tenham a importante que sempre a galera tem. Essa essa ressalva importante para não está contratando ninguém. Graças a Deus, nesse momento, a gente está muito tranquilo neste momento. Quem está concluindo algumas jornadas que em breve, o pessoal vai estar em mais ciente na gente, ainda não, não vai divulgar por agora. Mas quando que pode querer, vai sair enquanto não sai a base de apoio, Boas notícias vão contar por aí para saber um pouco mais sobre a nossa jornada. Que humanos, monstros e outras coisas do tipo e meu caminho cara. Inevitavelmente vai ser, continuar empreendendo, seja por um tempo, vamos lá assim, dentro de algum alguma empresa, seja para demonstrar, chega, seja dentro de alguma empresa, ou seja, fazendo alguma coisa nova. Esse é o meu caminho e paralelamente, eu devo voltar. Como ele está estável, continua escrevendo minhas minhas letras e, se tudo der certo, não sei se vai dar. Mas enfim, essas coisas são muito dinâmicas. Eu pretendo escrever um pouco mais, de maneira um pouco mais intensa sobre essa questão dos pôneis ícones entregar uma espécie de uma espécie de plano básico e pra galera como fazer o seu tipo como puxar? Então pensei isso um pouco mais de uma forma mais profunda, traz outros carros também para falar a respeito disso, outros têm que voltar, ou seja, trazer restaurante ou trazer outros caras investem nesse tipo de Disney para trazer um respaldo legal para galera. Eu pretendo fazer isso. Eu espero que eu consiga fazer isso esse ano. Vamos ver como é que as agendas estarão e permitirão fazer isso ficar aplicado. Aí você sabe sim! Gosto muito do do trabalho que vem fazendo gols. Os mineiros também tem um apreço muito grande. Sou suspeito para falar, então convidou. Estão aparecendo que eu gosto de estar com vocês, e a casa alegados

 

00:56:51  Victor

está sempre aberta, Casa está sempre aberta, e eu fico lembrando de quando se encerra aqui o episódio de Quando a gente se conheceu no Vitória em dois mil e catorze, você ficar horas eu ficava sentado no cantinho a só concordando, mexendo no computador a tarde inteira. Tinha só perguntando quem é esse cara, Quem Scarpa não sejam sequela de Minas e tal? Aí a gente começou a puxar puxar assunto assim no meio do dia conversamos cada e aí desde então falei esse cara gente boa com cola ali e depois foi. Sei lá quantas vezes ainda que seu retorno aqui em Vitória, faço as honras da casa. Sempre que você quiser voltar, as portas estão abertas. Você sabe disso. Regras é uma base para você aqui também? Então, obrigado pelo conteúdo sempre, muito, muito denso, muito rico. E é isso que provavelmente esse episódio deve sair no início de setembro, então a gente tem tem um tempinho.